sábado, 19 de abril de 2014

Zenith Cobra-matic 1946

Olá Amigos;

Eu sinceramente ando cansado... preciso mudar algumas coisas no modo de trabalho e ser menos exigente, menos perfeccionista ou então, morrerei louco...

Em Outubro de 2012, indo de férias com a familia para praia, aproveitei para retirar as peças de um movel para Restauração. Trata-se de uma vitrola Zenith composta de rádio Zenith de 8 valvulas, toca-discos modelo Cobra-Matic de 1946, uma fonte de alimentação separada, as partes frontais para troca do tecido ortofônico e mais o Falante que estava destruído.

Vamos ver as fotos do estado original da peça?

 Móvel bonito e bem conservado
 Toca-discos Zenith Cobra....se tornou meu pesadelo por meses.
 O Rádio com os knobs originais, tecido ortofonico rasgado e puído

Uma legítima Rádio-Vitrola dos anos 40(1946/1947) que foi, sem duvidas bem utilizada, bem guardada e conservada. Qual foi o meu erro??? Não ter trazido a peça. Na época eu ia frequentemente à SP, minha coluna já dava sinais de não estar bem e nem pensava em depressão...naquela ânsia e beleza da juventude em que imaginamos ser o mundo todo nosso...posso dizer aos amigos que a fase depressiva, depois de passada seus dias mais agitados, me deixou mais centrado e menos aventureiro. Mas vamos voltar à Restauração. 
Foi firmado uma restauração GOLD, apenas uma boa limpeza e fazer todo o conjunto funcionar e eu pergunto, eu resisto????

O que me deparei, ao trazer as peças, foi com essas peças:

 Chassis do Rádio Zenith no estado original
 O que parecia ser poeira era, na verdade, oxidação.
 Alguns aspectos da sessão osciladora e traços de ter sido alterado em algum reparo anterior
 O Variavel estava tão oxidado que estava travado. Foi um trabalho enorme restaura-lo.
 Mais uma visão do chassis...sem o variavel e sem o painel frontal
Painel frontal tem o acrílico com o nome Zenith gravado nele...nós vamos ver de novo, lá em baixo
 Haja sujeira e oxidação...provavelmente esse rádio ficou em cidade litorânea...
 A fiação que saia da fonte..fios originais, mas muito corroídos, com emendas e etc.
 A medusa de fios....hehehehe
 Até fio desfiado tinha...saber onde ia cada um foi um problema à parte.
 Essa é a fonte de alimentação e amplificador final
 Toca-discos no inicio
 O sistema de rotação é por alavanca. Ela move essa polia menor sobre uma maior transferindo a velocidade direta para o prato...loucura dos engenheiros anos 40....kkkk
 Olha a Alavanca aí....nela vai um knob indicador
 Eis os Knobs... o da esquerda estava com um buraco....
 Entre as loucuras, uma delas foi fazer a polia maior. Originalmente em aluminio ela é positiva e a borracha de tração é negativa, ou seja, a borracha tinha uma ranhura para o encaixe da polia.
 No caso da polia menor, eu já tinha importado algumas pequenas polias, mas deu errado...mostro já já a solução.
 O Frontal foi desmontado...fiz as marcações do que ainda tinha sobrado dos dizeres em papel arroz, passei pelo o scanner e montei tudo no Corel...Mandei para minha amiga-irmã Daiane fazer em Plotter...claro que ela me xingou...kkkk são letras e numeros muito pequenos....
 Reaplicado as letras e numeros com o auxilio de lupa, pinças odontológicas e bisturi.
 O Falante foi pintado no tom Cobre original, recebeu o logo Zenith e foi envernizado
 No processo de limpeza do toca-discos ele foi decapado...unica maneira de poder "ver" o estado das peças em geral.
 Muito oxidado, com peças faltantes...e sem diagrama mecânico...esse toca-discos foi uma de minhas maiores loucuras em termo de restauração nos ultimos 4 anos.
 Apliquei a cor Zenith...heheheh um Amarelo metálico em todas as peças metálicas...
 O Chassis do Rádio recebeu o mesmo tratamento de decapagem, limpeza e pintura...
 Esse é o rotor do motor do Toca-Discos. Estava tão gasto que precisei retrabalhar...
 O meu Pesadelo por dias foi esse "treco".
 O motor, em sua parte elétrica estava bom. Retrabalhei o interior dele todo.
 Eis o nosso rotor prontinho. O eixo estava com falhas...reparei, enchi e usinei o menino no torno...
 Essa é uma das hastes do braço...são 5 no total para o movimento de rejeição dos discos.
 Voltando ao rádio, retirei a umidade de todas as bobinas e iniciei o processo de montagem..
 As Canecas de FI são de aluminio. Por essa época, final da segunda-guerra mundial, as fabricas usavam estanho e outros materiais junto ao aluminio. Então eles jamais serão brilhantes e sim puxam para o lado do bronze antigo....foi assim que fiz, tingi o verniz para o Bronze destacar e ficar mais forte....
 O rádio era "isso" por baixo....
 Montagem mecânica do Rádio concluída... faltava o cordonete...
 Faltava...estudei o processo de deslizamento e tração e passei o novo cordonete....
Limpei o painel do fundo e apliquei uma camada fina de camurça em pó e tingi com preto fosco....ficou 100% original. O Acrilico foi polido e, onde está a gravação, refiz a pintura com branco...pintura feita com agulha....
Visão Lateral do chassis montado....

*** Aqui, abro um parenteses e informo: Durante o processo de QUALQUER restauração eu não costumo ficar informando o passo a passo das restaurações. Vou fazendo, as vezes 5 rádios de uma unica vez. O método adotado por mim sempre foi o de dar o Bebê pronto e não transmitir as Dores do Parto. Muitas pessoas não entendem isso e, durante o processo e tempo de restauração passam a me aborrecer com mensagens não polidas e até desrespeitosas, quando não partem para total ignorância e ameaças...nem isso muda o meu método, ok? Para esse rádio e toca-discos eu penei por não encontrar nada de componentes à venda. Tudo foi refeito, diferente do que vocês assistem no Discovery em Mestres da Restauração, lá eles tem tudo em termos de material eletro-eletrônico antigo. Ao importar eu corro o risco e já aconteceu de não ser liberado o material quando no Brasil sem contar as vezes que comprei pelo Ebay e o material jamais é entregue ou se quer é enviado...é duro viver no republica das bananas na politica Bolsa-família...***

Ao terminar esse rádio, um ano depois, marquei e fui entregar em SP... estava indo e fui parado por um policial rodoviário.... o sistema estava lento e ele me convidou para tomar um café no interior da base, enquanto as informações sobre o veículo não chegavam....ao entrar só ouvimos um barulhão... um caminhoneiro cochilou ao volante e bateu violentamente no carro que eu conduzia...ou seja, fod** minha vida e ida à SP... o guincho só me deixou aqui em São Carlos às 2:00 da manhã...cheguei e havia um e-mail do dono do rádio quase me chamando de Filho da Put*...se não chamou, faltou pouco. Expliquei e cheguei a mandar foto do carro mas, a educação, por parte do dono, tinha ido embora à algum tempo....

Aí, mandou um "amigo" vir aqui "BUSCAR DO JEITO QUE ESTÁ"(coisa que odeio e abomino), ao chegar o referido amigo, foi de uma simpatia enorme, entrou, conheceu o meu trabalho e viu o que havia feito no Rádio e toca-discos...na hora esse "amigo" disse: - Meu amigo, você é um GÊNIO, o **** está preocupado à toa...seu trabalho é ótimo....pegou o celular, ligou para o dono do rádio e agendamos uma semana para eu entregar....

Como eu não andava bem da "caixa de bola", convidei meu pai para me acompanhar...chegamos em SP, montei o rádio na caixa, a fonte, os painéis frontais com o tecido ortofônico(esse eu mandei vir dos EUA no padrão Zenith dos anos 40) e o Falante. O toca-discos quando desmontei não notei, no meio de toda a sujeira e oxidação, que faltava um parafuso de rosca esquerda que o prendia na haste da tampa frontal que, ao ser aberta, puxa o toca-discos para fora...tinha um, montei com um.

Vamos ver as peças prontas e não pensem que isso acaba por aqui não....


 Rádio Pronto, bonito, com os Knobs(botões) polidos e alinhados.
 Essa é a fonte de alimentação e amplificador. Por incrivel que pareça, por baixo não há espaço para caber um alfinete, enquanto que no chassis do rádio cabem dois filhotes de elefante e três mamutes....
 Cabeamento novo, com mais pontos de aterramento...ruído ZERO.
 Como mudei por conta a modalidade da Restauração, prejuizo(?) meu... mas fiz da Gold uma Diamond..
 Todo o cabeamento com fios 1mm e novos. Fonte e amplificador alinhados e sem distorção.
 Lembram do toca-discos? Para as rotações ficarem precisas em suas marcações, usei um marcador de velocidades digital...assim ia ficar preciso....
 Pronto...foram colocadas e a peça envernizada para não mais escurecer....
 Ajustada também a posição das polegadas dos discos. Refiz com o mesmo erro que havia no original onde, ao invés de 12 polegadas estava 17.
 Um erro meu...usei camurça em pó no prato...ficou identico ao original....mas isso me deu problema depois...
 Alinhado e ajustado, o toca-discos parecia estar pronto...funcionou por mais de 5 horas por aqui dando o aval que estava pronto....ledo engano....
 O Falante restaurado, com cone, bobina e centragem novos. Foi dificil encontrar um cone macio já que hoje em dia tudo vem da China e os cones que vem são duros....
 Já na tampa e sem as borrachas....
 Tecido vindo dos EUA para o Zenith.Obrigado Doutor Rodrigo, nosso amigo e parceiro nas loucuras...

Aqui eu poderia dizer que estava tudo bem e tudo em ordem, certo???? Mas não foi bem assim... tudo colocado no lugar, montado e eis que o toca-discos começou a apresentar falhas...caramba, eu aluguei um carro, gastei com pedágios, alimentação e combustivel, perdi um dia da Officina(tudo por minha conta)...e o toca-discos me deu uma dessas...começou a falhar e com efeitos auditivos de rotação...mas como??? TUDO NOVO???? Com o olhar negativo do dono, ouvindo mais algumas broncas, trouxe o toca-discos de volta e no mesmo dia comecei a desmontar a fim de achar o problema...achei...

Ele usa um sistema de buchas no movimento do prato e do braço que são de bronze...um tipo de bronze que não temos mais por aqui....fiz de latão, ficou uma merd*...fiz em aluminio, piorou..o braço arrastava em cima do disco... Tenho um amigo nos EUA que comprou e mandou para cá um tarugo de bronze...quando chegou, o correio achou que era de ouro...pois paguei quase R$200,00 para liberar um pedaço de bronze de R$12,00....
Para fazer as buchas levei um tempão, principalmente por não poder errar, já que não tinha material em abundância...e os e-mails recomeçaram...depois os mal criados e por fim os ameaçadores....
Toca discos montado, jateei o prato novamente e mandei zincar para ficar menos liso e aumentar a tração da borracha...a borracha da polia menor usinei uma vermelha, mais porosa e macia.
Quanto à rotação, ficou perfeito, conferido com o instrumento digital de velocidade....
Mas o automático não funcionava nem por bomba...8 dias nele, estudando, desmontando e nada...ao ser acionado a rejeição ele travava todo...aí, apelei...evoquei meu santo amigo "Nêga", tio Flaudemir...um amigo que precisaria ter o cérebro abduzido... o que levei 8 dias pensando e queimando os chifres ele, em 10 minutos olhou pra minha cara e disse - Gordo Burro, primeiro porque você pegou uma merd* dessa para restaurar??? Você está louco???? Agora, dá uma olhada aqui e veja, o que está faltando???
Ainda de cabeça quente eu disse, está faltando porr* nenhuma!!!
E ele: - Não, jegue? Cadê a bucha central do prato??? Ele vai girar em cima do que??? da cabeça da minha rol*????
10 minutos de risada e lá vai ele fazer a bucha...esse amigo é um gênio e mais que amigo, meu irmão e um put* cara!!!!
Varamos a madrugada em cima do toca-discos...acertamos todo o mecanismo para que o funcionamento fosse idêntico ao dia em que saiu da fabrica...e deu tudo certo...até uma mola que não mais existia foi feita...

Na manhã seguinte fui para São Paulo(com todas as despesas por minha conta de novo), levar, montar e explicar o funcionamento para o Dono.

Tem um vídeo com os estágios do funcionamento desse toca-discos Zenith Cobra-Matic, que tem esse nome pois, o braço do toca-discos tem desenhado uma cabeça de cobra com olhinhos...

Vamos ver montado? Até o parafuso de rosca esquerda eu fiz e coloquei...no prato usei flanela negra para ficar mais leve.





Video com o Toca-discos Travando no automático...


Agora com o Toca-Discos em Ordem:




Qual a medida agora adotada? Para retirar e entregar os aparelhos, somente com pagamento das despesas pois, na ponta do lápis, o prejuízo ultrapassou o valor da Restauração...eu não ligo para $$$ mas, quem gosta de pagar para trabalhar????

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com