domingo, 27 de julho de 2014

PT-76...um rádio simples??? Quem dera!!!

Oi Amigos que curtem os Rádios Antigos...

Aqui, mais uma restauração para vocês verem. Trata-se de um velho conhecido. Um Rádio SEMP(quando ainda era Sociedade Eletro Mercantil Paulista), modelo PT76, transistorizado, de primeira época, ou seja, ainda com transistores de Germânio ou Germaniun.

Aparentemente um rádio simples, de muita eficiência e de fácil restauração.Tenho alguns enroscados aqui, por conta de problemas maiores com caixa, estruturas, peças de acabamento e etc. Esse veio daqui da cidade de São Carlos mesmo e, somente hoje, soube que pertence à esposa do vice-prefeito da cidade.

O rádio veio através do filho do casal que me viu numa publicação da Revista Kappa. Veio apenas para ser Restaurado e sair daqui funcionando na energia elétrica também, uma vez que esses modelos PT76, originalmente, são apenas para funcionar à pilhas, receber iluminação por led do dial e funcionar com FM, via MP4 externo.

Vamos ver como chegou???


Um knob(botão) trincado que voou em pedaços ao encostar nele...acabamento do laminado soltando e muitas trincas no verniz em cima e laterais. Tentei fotografar, mas não consegui....

A primeira coisa que fiz foi desenhar e fazer a tampa traseira com as adaptações de chave de energia, chave digital-original e entrada de energia.

Vamos ver a "tampinha" MADE IN OFFICINA DO RÁDIO?






Alguns vão perguntar - Mas porque não fez os furos na tampa original do radio???
Respondo: Não gosto...depois que fiz essas tampas com laser, os demais trabalhos com limatão ou mesmo lima agulha ficam parecendo que foram feitos por um Orango-Tango bêbado....kkkk...sou chato e perfeccionista, fazer o que.....

Sobre o funcionamento, vale destacar um detalhe curioso. Esses transistores de Germaniun são delicados e sensíveis. Ao entrar em funcionamento com AC, mesmo retificado e filtrado, eu não pude usar um capacitor muito alto de entrada, usei dois de 2.200uF e, ao entrar em funcionamento o ultimo transistor amplificador de FI entrou em curto. Investigando as causas, mesmo com o osciloscópio, nada achei... substitui o transistor em questão, verifiquei sua polarização e liguei o rádio novamente com baterias e, depois, na energia... nada de diferente...imaginei que o próprio transistor antigo poderia estar sucumbindo com o tempo e foi apenas uma triste coincidência... deixei ligado por 24 horas e o funcionamento foi perfeito em todas as faixas, nada aquecendo e o FM ficou lindo com o MP4....






O acabamento frontal foi substituído por uma Imbuia escura que eu ainda tinha por aqui. Verniz de Piano e voá-lá...mágica concluída.

Pronto....só faltam 79 iguais a esse para eu terminar o ano....kkkk

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Rádios e Colecionadores no Facebook

Olá Amigos;

Quero fazer um convite para os amantes de Rádios Antigos. Eu criei um grupo no facebook  e espero que vocês participem, mandando fotos dos seus rádios antigos para lá.
Peço a fineza de tratarem os assuntos relacionados às Restaurações somente por nosso e-mail e não pelo face. 
Aquele espaço criado é apenas para divulgarmos os nossos rádios, expor ideias e conceitos...ok?
Participem, clicando aqui:
Colecionadores de Rádios Antigos

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com

quinta-feira, 24 de julho de 2014

TV Predicta III

Oi Amigos;

Tem certos momentos que eu mesmo não acredito como meu trabalho é prazeroso quando chega ao fim...existem os percalços intermediários, os desafios, o inicio sempre problemático na reunião de componentes que não existem mais e por aí à fora...

No caso de TV´s eu sempre peço ajuda aos Universitários...kkk sim, não é muito a minha praia a parte dos ajustes, tensões muito altas(13 mil volts) e sempre fui partidário do seguinte: não tem pleno conhecimento, não mexa....prefiro acompanhar os passos finais do funcionamento, eu mesmo faço o que precisar no móvel, polimentos e, saibam, não são poucos, peças, tampas, knobs e etc,mas a parte dos ajustes e tirar os "defeitos finais", sempre recorro ao mestre "NÊGA"!!!

Vamos falar do cliente em primeiro passo: Super Educado, conhecedor dos pepinos que surgem em uma Restauração de Grande Porte como essa, confiou a TV no começo do ano aos meus cuidados, levando a caixa para o Restaurador que presta serviços para ele. Esse modelo de Predicta é diferente, por ter valvulas inclinadas coisa que nunca vi...

Outros clientes pensam que passo o dia dormindo e, por isso, não atendo telefone, não respondo e-mails e não dou atenção...na tradução literal eu me rotulo como "lento", por buscar não "consertar" e, sim, restituir os dias de glória de cada aparelho.

Peças que não se vê nas Predictas: Knob de Acrilico do Seletor, Tampas, selos internos.

Mas vamos às fotos do antes e depois que é o que todo mundo entra aqui para ver...

 Essa é a tampa do tubo....veio quebrada..
 Inteirando a peça com Resina...
 O estado do chassis ao chegar...sujo e oxidado.
 Esse meu trabalho...vai me deixar maluco...
 Limpo, porém ainda oxidado.
 Os componentes originais...visto por baixo..
 Começando a Restauração do chassis.
 Alguns componentes trocados...
 Meu antecessor, ao "tentar" desmontar a TV, quebrou essa peça. Esse é o suporte do tubo, peça que fica presa da caixa. Como estou restaurando mais uma TV, usei a peça de uma para reproduzir em aluminio. A da direita é a cópia...torno e fresa...horas à fio....
 Os desenhos....
 Do outro lado...
 Tampa traseira reproduzida
 Esse modelo da tampa de baixo, copiei de uma Predicta Americana...
 Chassis Limpo da Oxidação
 Agora sim....
 Tudo Trocado....
 Tampas colocadas...
 Botão do seletor de canais feito em acrilico e com numeração impressa.
 Os controles...limpos e uma curiosidade..os metais, geralmente são pretos...mas aqui, todos os metais dessa tv são marrons.
 A Logomarca PHILCO feita em acrílico. Mesma fonte, tamanho e espaço do original.

 Montada e já colocada na entrada da Officina...
 As peças trocadas de novo...

 A Tampa traseira instalada.
 A Antena polida e instalada....
 Novamente a lateral inteira.
Montada e com tudo em ordem...faltou aqui a foto com o knob do seletor de sensibilidade...

TV Philco Predicta pronta..foi um trabalhão e só de pensar que há mais 3 me esperando.....

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Programa 36

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290officinadoradio@gmail.com

quarta-feira, 2 de julho de 2014

E viva os Alemães...

Oi Amigos;

Pelo título, alguns pensarão se tratar de mais uma "zoação" por termos perdido na copa para os Alemães por 7X1, foi triste sim, mas esse título eu coloquei por contar para vocês sobre a Restauração de um Rádio Alemão feito para os ouvintes alemães ouvirem as noticias do "eixo" e a voz do Führer alemão em seus discursos inflamados para a nação que conduzia.

Esses Rádios ficaram conhecidos por Rádios do Povo ou Volksempfänger Radio. Ao todo, pelo que sei, foram 4 modelos e vários fabricantes: Saba, Philips, entre outros.

O primeiro modelo foi o VE301 de Otto Griessing desenvolvido na empresa Dr G. Seibt. O rádio foi apresentado em agosto de 1933 na 10ª Grande Exposição de Rádio Alemã em Berlim. O Design da caixa de baquelite veio de Walter Maria Kersting. O preço previsto da versão popular para rede elétrica foi de 76 Reichmark, o equivalente hoje à 316 Euros, ajustado à inflação. Uma versão para operar à baterias, custava 65 Marcos e era o VE301G, somente para Corrente Continua, e os VE301GW e DKE38 que ficaram conhecidos como Orador Mecânico ou Pequenos Receptores Alemães)


Aqui, um VE301-W - lindo, não???

Ouvir rádio ou melhor, permitir que cada familia tivesse um rádio nessa época, seria o mesmo que permitir que todas as familias tenham internet Banda-Larga e computadores avançados hoje, por um preço simbólico. A maquina de propaganda do Partido Social Nacionalista soube fazer isso muito bem e impôs aos fabricantes de rádios do país uma margem de preço e a obrigação da produção em massa desses meninos.

Somente na Exposição de 1933 foram vendidos 100.000 radios...

Desde o incio, quando a indústria na produção de receptor popular iniciou trabalhou com margens de lucro muito pequenas, pois dependiam fortemente da evolução dos preços das valvulas utilizadas, as consequências econômicas do receptor do povo permaneceu ambivalente. Por um lado, algumas pequenas empresas de rádio não foram capazes de manter os limites de preços que o governo impôs, de forma que várias destas empresas faliram ou foram adquiridas por concorrentes maiores. Por outro lado, aumentou o número de participantes na produção com a exceção de um ligeiro abrandamento em 1935/36. Este desenvolvimento é, sem dúvida, a introdução de modelos de baixo nível VE 301 ou a partir de 1938, o "Pequeno Receptor Alemão" DKE38 - também chamado de "Goebbelsschnauze". Para o DKE38 mesmo o especial foi utilizado valvulas compostas (duas valvulas em uma) VCL11 desenvolvida com a ajuda do preço que poderia ser reduzido para 35 Marcos. Com ela, na recepção e audio, trabalhava também uma VY2, sendo um retificadora de meia onda....assim nasceu o DKE38.
Mais dados históricos sobre esses rádios vocês encontram na Web. O que me chamou a atenção desse DKE38 que veio para a Officina do Rádio Antigo foi o nome do fabricante....para quem não está acostumado com tantas consoantes em um nome próprio, assusta:Rundfunktechnische Erzeugergemeinschaft de duas valvulas: UY2 e VCL11.

Esse é o diagrama do Rádio:

Analisando o menino, nada mais, nada menos que um circuito regenerativo ou um "galena" com amplificador. O Falante é de papelão...uma gracinha de rádio...

Meu trabalho foi substituir a fiação toda cheia de emendas de todos os tipos, cores e formas, por fios com capa de tecido. Recuperar o radio seguindo o diagrama original, substituir o papelzinho que colocaram para segurar o knob por um conjunto de porca e parafuso, idêntico ao original, fazer o rádio funcionar em 220V e, enfim, funcionar....kkkkkkk













Um belo rádio, muito simples e curioso, restaurado pela Officina do Rádio Antigo.

Faltou uma foto que acho bacana...a doação de 500 rádios em 1941 para os irmãos necessitados...quem quiser doar um desses para o Museu, aceitamos....rsrsrsr



Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com