segunda-feira, 14 de julho de 2014

Programa 36

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290officinadoradio@gmail.com

quarta-feira, 2 de julho de 2014

E viva os Alemães...

Oi Amigos;

Pelo título, alguns pensarão se tratar de mais uma "zoação" por termos perdido na copa para os Alemães por 7X1, foi triste sim, mas esse título eu coloquei por contar para vocês sobre a Restauração de um Rádio Alemão feito para os ouvintes alemães ouvirem as noticias do "eixo" e a voz do Führer alemão em seus discursos inflamados para a nação que conduzia.

Esses Rádios ficaram conhecidos por Rádios do Povo ou Volksempfänger Radio. Ao todo, pelo que sei, foram 4 modelos e vários fabricantes: Saba, Philips, entre outros.

O primeiro modelo foi o VE301 de Otto Griessing desenvolvido na empresa Dr G. Seibt. O rádio foi apresentado em agosto de 1933 na 10ª Grande Exposição de Rádio Alemã em Berlim. O Design da caixa de baquelite veio de Walter Maria Kersting. O preço previsto da versão popular para rede elétrica foi de 76 Reichmark, o equivalente hoje à 316 Euros, ajustado à inflação. Uma versão para operar à baterias, custava 65 Marcos e era o VE301G, somente para Corrente Continua, e os VE301GW e DKE38 que ficaram conhecidos como Orador Mecânico ou Pequenos Receptores Alemães)


Aqui, um VE301-W - lindo, não???

Ouvir rádio ou melhor, permitir que cada familia tivesse um rádio nessa época, seria o mesmo que permitir que todas as familias tenham internet Banda-Larga e computadores avançados hoje, por um preço simbólico. A maquina de propaganda do Partido Social Nacionalista soube fazer isso muito bem e impôs aos fabricantes de rádios do país uma margem de preço e a obrigação da produção em massa desses meninos.

Somente na Exposição de 1933 foram vendidos 100.000 radios...

Desde o incio, quando a indústria na produção de receptor popular iniciou trabalhou com margens de lucro muito pequenas, pois dependiam fortemente da evolução dos preços das valvulas utilizadas, as consequências econômicas do receptor do povo permaneceu ambivalente. Por um lado, algumas pequenas empresas de rádio não foram capazes de manter os limites de preços que o governo impôs, de forma que várias destas empresas faliram ou foram adquiridas por concorrentes maiores. Por outro lado, aumentou o número de participantes na produção com a exceção de um ligeiro abrandamento em 1935/36. Este desenvolvimento é, sem dúvida, a introdução de modelos de baixo nível VE 301 ou a partir de 1938, o "Pequeno Receptor Alemão" DKE38 - também chamado de "Goebbelsschnauze". Para o DKE38 mesmo o especial foi utilizado valvulas compostas (duas valvulas em uma) VCL11 desenvolvida com a ajuda do preço que poderia ser reduzido para 35 Marcos. Com ela, na recepção e audio, trabalhava também uma VY2, sendo um retificadora de meia onda....assim nasceu o DKE38.
Mais dados históricos sobre esses rádios vocês encontram na Web. O que me chamou a atenção desse DKE38 que veio para a Officina do Rádio Antigo foi o nome do fabricante....para quem não está acostumado com tantas consoantes em um nome próprio, assusta:Rundfunktechnische Erzeugergemeinschaft de duas valvulas: UY2 e VCL11.

Esse é o diagrama do Rádio:

Analisando o menino, nada mais, nada menos que um circuito regenerativo ou um "galena" com amplificador. O Falante é de papelão...uma gracinha de rádio...

Meu trabalho foi substituir a fiação toda cheia de emendas de todos os tipos, cores e formas, por fios com capa de tecido. Recuperar o radio seguindo o diagrama original, substituir o papelzinho que colocaram para segurar o knob por um conjunto de porca e parafuso, idêntico ao original, fazer o rádio funcionar em 220V e, enfim, funcionar....kkkkkkk













Um belo rádio, muito simples e curioso, restaurado pela Officina do Rádio Antigo.

Faltou uma foto que acho bacana...a doação de 500 rádios em 1941 para os irmãos necessitados...quem quiser doar um desses para o Museu, aceitamos....rsrsrsr



Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Não Basta Ser Excelente.....

Oi Amigos;

Para quem gosta de ler tudo comece daqui, para quem gosta de ler somente sobre a Restauração, pule para o tópico abaixo e vá direto para - O Novo Zenith -

Um Breve Desabafo:

Com o titulo acima(Não Basta ser Excelente), muitos vão me achar prepotente e até que me julgo superior....não é nada disso, esse título é de um livro que estou lendo...mais um livro de valorização profissional e enriquecimento cultural. Foi escrito por um Americano e acho, que no campo do enriquecimento, para ele pelo menos, deve ter dado resultado...rsrsrs

Mas alguns tópicos eu trago e associo à essa restauração. Não quero e não almejo ser o "o melhor"...apenas quero fazer o meu trabalho e, se "a rapaziada" incompetente, os olhudos e Pés-de-Porco puderem me deixar em paz, meu trabalho será cada dia melhor.

Cada vez que publico algo aqui, recebo pilhas de e-mails...Muitos elogiando, muitos praguejando pela demora dos rádios que aqui estão, muitos pedindo orçamentos e muitos, mas muitos mesmos "pedindo dicas", pedindo para eu consertar seus rádios(sem eu nem mesmo te-los vistos), outros criticando, mais cobranças por conta dos atrasos e etc.

Toda vez que recebo um elogio dizendo que sou genial, tenho a genialidade de aceitar apenas como um elogio e nada mais...com isso faço o mesmo quando os 2 Pés-de-Porco me enviam mensagens agressivas, dizendo que sou uma besta, informo que não serei a besta aceitando a condição imposta por um mísero otário que sequer respeita um "colega" de profissão. Para fazer brilhar sua parca popularidade, ele diz horrores à meu respeito, copia meu site, já passou informações até de que eu morri...kkkkk, diz que estou processado, preso e etc. Eu acho graça pois nunca vi uma Restauração dele e nem me interesso em ver... a que vi, esse infeliz apenas passou uma gosma(que ele chamou de verniz) nas caixas, pintou um chassis com purpurina e diz que é uma Restauração....Caboclo,  até um Orango-Tango reumático e com alzheimer faz e, melhor que o fulano...

Existem outros, que estão começando agora e estão começando certinho..na duvida, antes de irem no "apalpetrômetro", perguntam para mim, com educação, com gentileza, não achando que encontrei meus conhecimentos no lixo...para esses eu, como não sou eterno nesse plano, tenho o maior prazer em auxiliar mas, para o Sr. Pé-de-Porco, que tem fofocado com o caloteiro de Rio Branco lamento, daqui não levará uma agulha...e pode notar, fulano, que mesmo quando vc troca de e-mail e vem querendo me adoçar eu nem respondo mais suas "duvidas".

- O Novo Zenith -

Deixando esse pobre infeliz para viver para lá, volto a falar de mim: Quando estou demorando com uma Restauração, significa que estou desenvolvendo novos métodos ou estou em algo muito "cabeludo"....

Essa Restauração não foi diferente...ao receber o rádio, aparentemente, representava algo fácil, seriam alguns toques e o menino estaria em funcionamento, já que essa era a meta do dono do rádio, nada muito caro, apenas que funcionasse....e é isso que em breve pretendo abandonar, vou encarar, em breve, somente restaurações que eu possa fazer completa, nada mais de "meios-termos" pois, em busca da qualidade máxima, acabo fazendo muito mais do que o orçado e isso demanda TEMPO e $$$$. Sim, amigos, por mais que eu ame fazer as Restaurações e os Rádios, eu sobrevivo disso como trabalho e, numa restauração que empaca e num calote que tomo, como o calote que tomei da Vitrola Philips do cidadão de Rio Branco-MG onde, além da canseira emocional(que me levou à depressão o excesso de aporrinhação e visitas inesperadas), veio, levou e não pagou....ficando para mim o prejuizo de toda a Restauração....depois veio a Zenith Cobra, que me deixou louco também tanto o dono quanto a vitrola e nada de pagamento(pelo menos até agora)....isso foi gerando uma bola de neve e as contas acumulando...mas, como tenho ótimos clientes e esses dois pagarão de outra forma, na justiça daqui ou de outro plano....mas tudo bem....vamos em frente.

A Restauração aqui seria simples...se eu não tivesse gostado do rádio...é um Zenith que foi alterado por conta do técnico anterior não ter descoberto o defeito...e deu-lhe alterações...as bobinas do coitado foram retiradas e outras adaptadas... no fuça-fuça até o transformador de força foi substituído e, como não tinha nenhum igual, nada que um toquinho de madeira não ajuste e fique na medida....kkkk vamos ver as fotos da chegada:

 Assim estava o pobre chassis. Eis o tamanho descomunal do transformador de energia "adaptado" com um toquinho de madeira em baixo e apenas um parafuso segurando.
 Dos 3 knobs(botões), faltava 1...esse era o estado de um dos 2 que ainda existiam

 Por baixo, uma miséria só...componentes relativamente novos, velhos, fita isolante, fita crepe e parafusos de todas as espécies...
 Retirei o transformador enorme, o falante e ataquei desmanchando o lixo que fora imposto ao rádio.
 Fios finos, grossos, médios, soldas de todas as maneiras e porcas....

 Um erro clássico de quem nunca montou um rádio. JAMAIS as bobinas de antena e osciladora devem estar lado a lado. Duvido muito que esse rádio tenha funcionado com essa configuração...Ondas Curtas e duvido ainda mais...


Vamos começar????


 A Caixa, de baquelite, foi limpa quimicamente, polida e enverniza.

 Aqui, reconstruindo o visor do dial que vai preso na caixa...fiz em PET transparente. Do lado direito a original.

 Caixa envernizada sem polir

 Polimento 01...4 horas em pé com 12 lixas diferentes....UFA!!!!

 Chassis limpo...odeio trabalhar com peças sujas....

 Removendo o variavel com cuidado...Sistema de aterramento original foi mantido.

 Passei a Bobina de Antena para a parte de cima do chassis e os trimmers, que estavam desligados, usei novos e por baixo.

 Variavel limpo, polido e envernizado, cordonete novo...

 Contra a minha vontade, precisei trocar o Falante. O Original era de Campo e o campo é fechado e travado...como tinha de trocar o transformador de audio....fiz tudo novo....rsrsrs
 Vista Superior, com o transformador de energia novo, sem toquinho de madeira segurando o coitado e sim, belos 4 parafusos de latão.
 O molde que fiz para um processo que criei para a atender essa necessidade: Peça feita à Vácuo.
 Os knobs eu precisei fazer um curso e dispensei muito tempo e material para faze-los. Não foi fácil, nem rápido...mas o dono do Rádio foi um Gentleman e aguardou sem ficar estressadinho....
 Com material bruto e depois usinado, consegui manter o Z do Zenith e os furinhos....nessas fotos os knobs passam despercebidos....farei uma foto só com eles....
 Caixa espelhada e knobs combinando....visor novo....dial limpo e envernizado...

 Visão frontal.....achei o rádio muito bom...depois de todo ajustado o som ficou alto e forte, a cobertura das faixas ficou muito perfeita.

 Fiz a Tampa do fundo em mdf 3mm, cortada e gravada em laser.

  Esperando o dono vir retirar....

Um Rádio bonito que deixará saudade por aqui....3 meses estudando somente o modo de reproduzir os knobs...
 Alguns Knobs coloridos feitos da mesma forma e como testes....

Rádio Zenith Restaurado pela Officina do Rádio Antigo....8 meses por aqui, 3 meses de estudos...valeu a pena.....

Sou bom no que faço...isso não é vaidade...é uma obrigação da minha parte ao oferecer esse trabalho no Brasil e para brasileiros de bom gosto....

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP
13560-290 officinadoradio@gmail.com

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Grande Parceria

Alô Amigos;

Uma amiga está oferecendo uma linda Rádio-Vitrola com TV, dos fins dos anos 40, marca RCA-Victor, procedência Americana, porem com caixa brasileira e modelo idem. BR17T-490.

Ao que me fora informado não funciona, porém conseguimos uma parceria para a doação para o nosso Museu que está em formação. O proprietário antes pedia R$2.500,00, como será para o Museu, aceitou fazer por apenas R$1.300,00.








Caso alguém queira comprar e fazer a doação para o Museu do Rádio que estamos criando, receberá o Diploma de Doador, a peça receberá a placa de doação com o nome de quem doou e quando fora feita essa doação, bem como, terá o acesso gratuito como Sócio da entidade que está sendo criada na cidade de São Carlos - SP.
Para ser o doador, entre em contato em nosso e-mail e passarei todas as informações: officinadoradio@gmail.com

Aguardo vocês, em breve, no nosso Museu do Rádio Antigo....






Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Estou Procurando para compor Acervo

Olá Amigos;

Estou procurando por rádios que foram distribuídos por emissoras de rádio em todo país com frequência fixa. Esse da foto, foi produzido para a Rádio Nacional do Rio de Janeiro...quem tiver, por favor, entre em contato com o e-mail: officinadoradio@gmail.com


Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Rádios Bonitos, vindos de outro "técnico"

Olá Amigos;

Alguns rádios enroscam mesmo....tenho alguns meninos aqui bem paradinhos...mas esses dois que relato abaixo, vieram de uma "oficina" onde o dono perdeu a paciência pela longa espera...
Confesso que lido diretamente com a ansiedade gerada quando um aparelho é enviado para restauração. Muitos clientes já perderam a paciência comigo também, isso é natural e jamais tirei a razão de quem quer que seja e, nesse caso, também não tiro, nem a razão do dono dos rádios, quanto, por não conhecer o técnico onde estiveram os rádios, também não tiro as suas razões... com o tempo, vamos aprendendo que TODOS erram. Vou me ater apenas aos dados técnicos e aqui, sim, posso colocar que o técnico anterior foi Pé-de-Porco já que, se formos colocar por prazos estourados, eu já estaria povoando alguns chiqueiros por aí....rsrsrsrs
Onde ele errou??? Vamos lá...
Rádio GE modelo A-52


Quando trouxe o rádio até aqui, o dono me disse que o defeito original do Rádio GE era distorção no som...ao levar no técnico ele substituiu valvulas, soquetes, pendurou um monte de coisa, o rádio ameaçava funcionar e a distorção estava lá e agora o rádio não sintonizava mais Ondas Curtas e só sintonizava 2 estações em Ondas Médias...no audio além da distorção, havia uns "relinchos"... segurei para não rir e ele me informou que esse técnico havia sido muito bem recomendado em São Paulo e que os dois rádios ficaram 5 anos por lá.....
O primeiro passo meu foi limpar o chassis...desacorçoado de gastar tanto tempo com os rádios e algum $$$ para o Pé-de-Porco, ele não queria gastar muito, então acomodei uma uma restauração que caberia bem para os dois....

 Estado original da caneca de bobinas do Rádio GE
 Chassis Limpo em processo químico, sem tinta, apenas verniz protetor e pintura do TR de energia.
 Ele usava, originalmente a 6K7 e 6Q7...são valvulas sem muito poder. Como estavam mais próximas usei uma 6SK7 metálica e uma 6SQ7 como pré-amplificadora e detetora. No Audio uma 6V6, já que o Falante original de campo havia sido retirado. Polarizei a 6V6 para o máximo desempenho sem afetar sua vida util.
 Dial Polido...
 Novos Capacitores instalados e o rádio funcionou, apresentando apenas a "tal" distorção.
 Fiz um novo transformador de audio e a distorção foi embora...
Montado, limpo e minha mesa um caos...eram 4:40 da manhã e eu cansadíssimo para "produzir" um ambiente para a foto....rsrsrs.

Vamos ao segundo rádio:
Philips modelo BR685A

Segundo relato do dono, o rádio, ao voltar do "técnico" não funcionava mais em Ondas Médias, Curtas muito fraco, o rádio ficou, nos 5 anos que esteve lá, muito feio com a troca do tecido ortofônico por "algo semelhante"...

Aqui, os rádios ficaram uns 8 ou 9 meses... como estou com a Officina em reforma, projeto de criação do Museu em andamento, confesso que ando no ponto de um esgotamento total. Com a reforma, onde os pedreiros receberam o $$$ e sumiram, algumas estantes foram desativadas...e essa caixa é grande e ficou no chão, bem escondidinha... quando fui pegá-la para avaliar, vi que algumas lasquinhas estavam soltas nas laterais. Se isso ocorreu aqui, eu achava inadmissível. Não questionei ao dono do rádio, mesmo sabendo que ia arcar com o prejuízo, produzi o método de fazer as faixas superiores e inferiores em plotter e fiz um acabamento novo na caixa, sem custos para o dono do rádio, como vocês verão em breve...

Os defeitos:
 Ao "palitar" a bobina, meu antecessor empurrou o nucleo dela para dentro. Foi necessário desmontar para traze-lo de volta...8 horas nesse procedimento pois essas bobinas são delicadíssimas....
 Algumas "invenções" e modificações foram desfeitas para o circuito original. Há um erro de projeto nesses rádios que é a ausência de um capacitor de pequeno valor que melhora o desempenho. Não consta no diagrama e somente numa correção da Philips feitas anos depois do lançamento do rádio....seria um Recall???kkkkk
 Instalado e tudo funcionando melhor que dantes, no Castelo de Abrantes....kkkk
 Acho que esse fontal ficou feio assim...mas gosto é gosto....
 Totalmente escuros, os metais desse rádio foram tratados um a um.
 Vocês vêm duas teclas com cores diferentes. Elas estavam destruídas e pela ação do tempo...foram completadas com resina e pintadas....as outras estavam travadas nos eixos e a diferença de cores não ficou tão alta sem o flash da máquina...
Caixa laqueada em Marrom, no tom original usado pela Philips e os filetes em ouro pintados, como eram os originais....mais um dono satisfeito, mais dois "meninos" recuperados por mim...fiz parte da história dos rádios e do dono deles e me sinto muito bem com isso...

O Dono dos rádios, da cidade de Jaú, me disse que tem mais 8 rádios e os mandará para cá....mas atendendo ao meu pedido, esperará até Dezembro para isso....chega de ansiedade por aqui....kkkkk

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com