segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Calote Internacional parte II





Bem meninos.... vejo que essa estória interessou....hehehe
O chassis precisou ser re-estruturado, jateado, zincado, cobreado, nova correção de falhas e por fim, niquelado. Após o niquel e polimento, usei verniz eletroestático à 220 Graus. Nas canecas de FI´s, usei um banho dourado que desenvolvi aqui na Officina.
As bobinas de FI foram rebobinas seguindo o diagrama original do rádio, assim como todo o resto. Na monstagem, usei o mesmo padrão e valores dos originais.
Claro que tudo isso não foi feito de um dia para outro. Levei 6 meses no total e, enquanto isso, ia batendo papo com o americano que se mostrou ser "gente fina".
De tudo o que comprei de lá, recebi apenas 1 rádio. O resto não veio nada!!!
Para enviar o rádio pronto, houve um problema nos correios americanos e o rádio ficou perdido por lá e o dono me pertubando. Diante disso, fui salvo por um amigo que foi para o EUA e resolveu toda a encrenca, entregando o rádio pessoalmente para o dono do rádio.
Havíamos combinado que o envio ficaria em US$40.00...nem esse $$$ eu recebi e, no final das contas, de toda a restauração eu recebi US$35.00...o resto??? Tornou-se o título dessas duas páginas...Um Calote Internacional..... Se eu fosse Japonês diria: Bom, né?????

Officina do Rádio Antigo.
(16)3412-6692
officinadoradio@gmail.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Indalécio, tanto honestidade como o vício oposto fazem parte da natureza humana - aqui e nos EUA...
Sugiro que, em suas próximas restaurações, você peça um sinal ($$) adiantado para não correr riscos de prejuízo!
Abraço
Orlando

reinaldodx disse...

Ficou muito bonito! Belo trabalho!

Uma caixa transparente deixaria o chassi e os componentes bem à vista! Fugiria de uma restauração, mas ficaria bem vistoso...

Abraços,