segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Radinhos...CREDO!!!!

O que agente não faz pelos amigos??? Tem coisas que não têm limites....
Pois bem, esse post trata disso. Aqui em São Carlos, tenho uma amiga chamada Ester. Tenho amizade à ela, graças ao filho dela, Caio, que conheço há mais de 6 anos e é um dos raros vendedores de antiguidades honesto que conheço. Por ser honesto demais, cansou e montou um negócio no ramo alimenticio, deixando para a mãe, Sra. Ester, as antiguidades....
Estava eu, numa bela tarde resolvendo um pepino de um cliente paciente, quando ela veio e entrou na Officina com uma caixa de sapatos....juro que na hora, senti um frio na espinha....quando ela abriu a caixa e começou a tirar os Radinhos de lá o arrepio aumentou em 100 vezes....
Eram 2 Spicas de uma pilha, um Mitsubishi de 4 pilhas, um Spica de 4 pilhas(tradicional) e uma praga da Sharp chamada Sharpinho....
Bem, amigos são para todas as horas e lá vamos nós...um pouco de fofoca, falamos mal do governo, desse e daquele e ela se foi, deixando as encrencas para reparo....
Abri o primeiro, numa primeira observação, necas de reparo, pois o Pé-de-Porco que fuçou, torrou o capacitor variavel com um soldador de soldar calha, fez peripécias com outros componentes, usou fio de instalação elétrica no radio....ou seja, coisa de Pé-de-Porco mesmo....
Segundo radinho, igual, terceiro, igual...ou seja, venderam SUCATA de SUCATA para ela.....
Como todo reparador que conheço, também tenho uma pequena quantidade de "doadores de órgãos e tecidos"...fui visitar a salinha da bagunça e me deparei com 2 plaquinhas inteiras de Spicas semelhantes...Sinceramente, consertei em 60 minutos os "doadores" e fiquei imaginando quando tempo levaria para consertar aquelas "cacas" que vieram...
Dado ao tamanho diminuto, precisei usar a Lupa com Luz, para não cometer mais erros ou  atrocidades com o circuito....

Olhando o "monstrinho pela Lupa"















Tamanho real de todo o rádio... e saibam que minha mão é pequena....     















E esse era um doador de órgãos....heheheheh
Funcionou respeitavelmente para um radinho de uma pilha....















O Spica dentro de seu estojo de couro...















Ferramentas de relógio para consertar um radio....
O estojo fechado com o radio em seu interior.. Quase do tamanho de um chaveiro...

Um dos primeiros mini-radios japoneses...(1965 aproximadamente).















Este é o Spica de 4 pilhas. Nesse o Pé-de-Porco retirou a bolinha do fundo do variavel(Eu pergunto-me, porque????), substituiu transistores e errou em todas as polarizações....

Substitui as "cacas" feitas, troquei todos os capacitroes, acertei as polarizações e consertei o variavel, dando um banho quimico no mesmo.... Resultado??? Muito bom.....



Rádio pronto e montado.... ufa...preciso de mais férias!!!!

Esse rádio Spica, foi uma febre nos fins da década dos 50 do século passado... Ficou famoso em 1958 com a copa do mundo, pois é o primeiro modelo portátil a pilhas transistorizado que se tem noticias.... Antes dele, há o Emerson, mas esse usa baterias e é valvulado. Aí, de volta ao som original em perfeito estado... Espero um dia consertar o meu, que está 100% original e nenhum Pé-de-Porco fuçou.....

Officina do Rádio Antigo.
(16)3412-6692
Email e MSN: officinadoradio@gmail.com

Nenhum comentário: