terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Mais Radinhos Horrorosos.....

A Pergunta que 89% dos clientes acbam fazendo em algum momento é:

- Porque vc demora tanto pra fazer o meu rádio???

A resposta está neste post....

- Elementar, meu caros internautas...na Officina do Rádio Antigo há apenas 1(um) técnico...EU!!! EU faço praticamente tudo e, tirando agora os trabalhos do meu novo Assistente Vinicius, que prepara as madeiras, aprendeu casquilhamento, preparação e etc, EU faço tudo e mais, não começo outro aparelho enquanto não encontro solução ao que está sobre a mesa da Officina....

Desde fins de Novembro, vim apanhando de uma praga azul...isso mesmo, depois de narrar para vocês sobre o "Terror Amarelo" dos Matadores, relato aqui as peripécias de um Pé de Porco(nome que dou aos técnicos que não sabem nada, mas se metem a fazer), num pobre radiozinho azul da Sharp....o nome da "praguinha": Sharpinho.....ainda hoje arrepio ao escrever esse nome.
Lógico que só uma amiga para me por nessa enrascada...ela comercializouo radinho como "funcionando" e, na verdade, a praguinha azul só chiava...evidente: O Variável do coitadinho tinha sido queimado pelo soldador de soldar calhas do Pé-de-Porco....imagino o "imundo ténico Pé de Porco", com suas chinelas vermelhas(aquelas que não soltam as tiras), bem imunda, um cigarrão deste tamanhão no canto do beiço, um boné tão imundo quando "as chinelas", aquela bermudona "bege" que ainda ostenta resquicios de tinta e verniz que passou "naquele bruto rádio do Sr. Nicodemos".... passou no pincel, mas ficou um "espeio"....
Voltando as peripécias do "nosso amigo" Pé-de-Porco(que no passado era chamado de Oidar-Técnico)....
Por não possuir um minimo de noção, nada de intrumentação(para que??? Instrumento é para musico ou médico...ele sabe fuçar!!!), o baita foi fuçando... e o alicatinho de cuticula de sua "doce amada", comeu solto.... tudo que ficou na frente dele, passou pelo alicatinho....transistores que, por serem de "Gerimun" (Germaniun ou Germânio),  apresentam elementarmente pequena fuga, tiveram suas "perninhas" (lides) cortadas para o nosso amigo "Pé", futricar com os mesmos....e o pior se deu.... talvez, alguém que já tenha lido nosso blog comentou por alto com o "Pé" que eu substituo "Todos" os capacitores dos aparelhos antigos, o bom "Pé de Porco" não se conteve:

"- Isso nóis tamém faiz... i óia que o tal de Dalécio(*ver nota1) cobra uma fortuna pra fazê esse tipo de trampo...e proveitano, vamo tomá uma branquinha pra miorá a vizão?"......

E Pobre radinho..... ele conseguiu trocar todos....TODOS os resistores por Capacitores, acabando com a polarização de TODOS os transistores...queimou com seu BAITA "soldador de soldar calhas"  o pobre variavel, a bobina de antena, um transistor e até o coitadinho do potenciometro, que fica ali, encostadinho com o variavel.....

No dia em que o radinho chegou ele ia voltar, dentro da mesma caixa pois, confesso, nunca havia ficado com nojo de um rádio.....e olha que já peguei rádio que esteve enterrado....(Não pensem que o cliente foi o Ronaldo Ésper )...hehehehe

Mas, amigos são para essas e outras e vamos lá.... Saquei da minha fantástica caixa de sucatas, sobressalentes e doadores de órgãos e tecidos um capacitor variavel semelhante, um potenciometro, uma bobina de antena....quase que restaurei a sucata...juro!!!

Mandei um email para o meu salvador Piva da Esquemateca e NADA!!!! A Sharp jamais providenciou um esquema para esses radinhos de uma pilha.... O PIva fez o melhor que pode... mem mandou quase todos os esquemas de todos os radinhos de uma pilha que consta na esquemateca.....para minha sorte....nenhum era igual a terrivel "praga-azul".....

Como não sou partidário do "apalpetrômetro", nem das "fuçações", telefonei para o meu amigo "NEGA".... mestre em circuitos transistorizados, churrascos à meia noite e Quibes Crús às 4:00 da Manhã......heheheh Ah, e parceiro de viagem para o exterior também.....
A "Super Nega" colocou seu cérebro em funcionamento e da-lhe calculos..... alguns milhões de neuronios queimados, todos os transistores estavam polarizados....mas cade que o *&¨%$&¨¨%% do rádio funcionava????? Foi aí que descobrimos qual era o defeito que fez com que o Pé-de-Porco acabasse com a pobre Praga Azul... uma bobina de FI sulfatada.....

Senhoras, Senhores, Meninos Meninas e aqueles que jogam nos dois times.... esse radinho foi de deixar louco...... e foram 2 meses NELE!!!

Depois, com a onça morta, para a foto ficar mais bonita, eu fiz uma outra placa, toda baseada na original...fiz a corrosão e copiei até o selinho que ia na placa....

Eis abaixo o radinho novo:






















Nas fotos acima, o radinho já pronto e dentro de uma caixinha que eu tinha aqui, semelhante à original....
A caixa original o Pé de Porco" havia socado uns parafusos maiores e romperam os suportes dos parafusos....



Em todos os casos, sugeri à Ester que enviasse o Radinho com as duas caixinhas para o "comprador".....

Pior foi receber, nesse meio de tempo, um email da Ester dizendo que o comprador do rádio também é "Restaurador de Rádios" e que o defeito era "molinho, molinho"...aí Eu pergunto:  É MOLE??????

------------------------------------------------------------------------------------------------

*(Nota1): Todos sabem ou devem imaginar que o ato de "restaurar" um rádio antigo deve e tem de ser feito por profissionais. Eu lastimo estar parando e não estar deixando ninguém para fazê-los ou não conhecer ninguém que queira fazer Restaurações dos níveis que faço como profissionais. Para isso, RESTAURAR um rádio antigo exige tempo, conhecimento e preço. Eu digo sempre que fico FU*&¨%$ da vida quando me chamam de enrolado(pois demoro mesmo), ou tentam regatear preço.... Nesse exemplo acima, se eu fosse cobrar as horas, tempo e etc que envolveram o radinho, teria passado de uma pequena fortuna....então, EU DUVIDO que algum ser vivo colocasse o mesmo radinho em funcionamento.... e pelo preço que cobrei.....
O Termo citado acima de "DALÉCIO" é porque meu nome é Indalécio, e todos que se metem a consertar alguma coisa antiga "usa meu santo nome em vão".....eheheheheh.

**** Atenção: Qualquer menção à vestimenta ou mesmo aos Pés-de-Porcos vivos, mortos ou em adiantado estado de Espírito, não é coincidência... é Proposital mesmo!!!!

**** Como fiz esse radinho para a Ester, não me peçam esquema, pois não tirei cópia, pois JAMAIS, em TEMPO ALGUM, PARA NINGUÉM, NEM PARA O PAPA, eu me proponho a restaurar, consertar ou mesmo olhar semelhante tipo que denigre o nome e o termo - Rádio -

Espero que tenham se divertido com mais essa aventura pelo mundo das restaurações;

                                                       Indalécio A. de Oliveira.

Officina do Rádio Antigo.
(16)3412-6692
officinadoradio@gmail.com

4 comentários:

José disse...

São muito interessantes esses radinhos, já possui um - década de 70- igualzinho a esse, era verde azeitona, a marca era Electra!

luizaustriclino disse...

Olá amigo boa noite, fiquei deveras impressionado com a história deste radinho sharp, pois no ano de 1971 ganhei de presente um igualzinho a este, até a côr, porém a marca e megatone, não a mesma felicidade deste, pois com o passar dos anos, o mesmo apresentou defeito, mandei-o para um técnico e lá se passou 6 meses, e quando o mesmo voltou, veio com o som baixo e apitando quando está sendo sintonizado, gostaria muito de saber se posso contar com você para mais uma empreitada, pois o mestre como você não deve parar nunca. Sou um pequeno colecionador de rádios antigos de bolso, atualmente já estou com 63 unidades. Espero seu contato pelo e-mail: luizaustriclino@hotmail.com - Gravatá - Pernambuco.

Fabiana disse...

Belas palavras caro mestre, ótima qualificação aos pés, excelente descrição de vestes.
Não pense vc que é só com radinhos que isto acontece, trabalho com TVs, das mais diversas, são horas, dias e noites perdidas, pelo bem estar dos proximos e ainda temos de aguenar desaforo. E o preço então, já cobramos barato, e reclamão mesmo assim fazendo abaixar o preço, pq demorou muito e coisa e tal.
É com grande pesar que vejo sua despedida, profissionais como vc deveriam ser imortais.
Um grande abraço...Junior Nunes
de Cuiabá MT

Rickert Senhorini disse...

Hoje, todos vivem como se tudo fosse para ontem, e logicamente e vida se torna chata. Bela historia deste radio, e nossa, que paciência..