segunda-feira, 2 de maio de 2011

Kenwood - Como perder fios de cabelo ou ir parar no hospício...

Olá Amigos;


                      Como todos sabem eu gosto muito da profissão que eu criei...verdade, as vezes ouço ou leio algumas abobrinhas dirigidas por pessoas mal amadas, mas e verdade, amo o que faço.... Semana passada eu tive um problema com os correios.... uma agência franquiada que fazia as coletas na Officina teve "zebras" em seus quadros de funcionários e agendamentos e tudo ficou atrasado, com isso, os contratos que estavam vencendo, venceram e não fizeram os envios que tinham de ser feitos.... descobri, através de uma "comida de toco" que tomei inocentemente, esse triste fato e, pasmem, descobri que até objetos coletados em Março estavam ainda lá.... claro que com a coluna travada e, tendo os objetos sido coletados aqui eu, em minha santa inocência de Querubim, jamais descofiaria que estava tudo parado.....

                      Bom, retirei todos os obejtos de lá, os trouxe para a Officina e tenho revisado para ver se nenhum sofreu danos.... até quinta-feira todos serão enviados e espero, estejam com seus donos no mais curto espaço de tempo possivel... e jamais usarei esse tipo de serviço de novo!!!

                      Dando uma folga aos pepinos nossos de cada dia, no começo da semana passada "encarei" uma bucha e tanto....

                      No final do ano passado, eu peguei um conjunto Kenwood, contando um sintonizador e um amplificador.... muito bonitos e conservados....

                      O Amplificador, faltavam duas pontas de alavanca..as que estão a extrema direita foram feitas, copiando as originais...essas dua peças foram 5 dias de trabalho, fora os "chifres" queimando para fazer....hehehehe

                      Bom, entreguei esse aparelho em Dezembro do ano passado, com um grande sorriso na face gordinha...heheheh
Logo em seguida à entrega, o cliente me mandou um e-mail dizendo que o aparelho tinha ficado mudinho...

Quando entreguei, havido mencionado o fato de se tomar o máximo cuidado para com as caixas...Esse tipo de amplificador têm a saída assimétrica, ou seja, um par de transistores (PNP e NPN) fazem diretamente a saída. Tendo qualquer curto na saída, os transitores de saída rompem a junção(modo chique de dizer que vão pro espaço, queimam, deixam esse plano, vão pro colo do capeta, vão para a PQP e etc).


E não deu outra... o cliente não viu que uma caixa tinha os lides em curto e ligou.... resultado, 15 minutos de funcionamento e a queima dos transistores....AHHHHH Pânico geral, inclusive desse que vos escreve pois, re-polarizar transistores de saída, para darem a mesma intensidade sonoroa(potencia), com a mesma ou menor relação por distorção e conservar a impedância correta, com uma diferença de 30 anos de tecnologias envolvidas, não é o mesmo que fritar bolinhos, se bem que até hoje, nunca comi um bolinho igual aos da Dona Vilma(minha mãe)....heheheh

Fiquei super-chateado...mais que o cliente... e, separando minhas "bugigangas", eis que encontrei dois pares, novinhos dos mesmos transistores em uma caixinha até com silica gel, que os "pés-de-porco" chamam de "salzinho"...hehehe

Trocados os ditos pelos não ditos e informado os Beneditos, o aparelho voltou a funcionar que era uma belezura.... aí "ponhei reparo" que ele usava um Relê e o mesmo estava todo jampeado, obviamente serviço muito bem executado por algum "Pé de Porco"... retirei os Jamper´s e eis que o amplificador revelou-me segredos nunca dantes ouvidados nesta terra de Cabral.....Liguei para a Super-Nêga(meu amigo e irmão Flaudemir), meu parceiro para feitos e efeitos em assuntos aleatórios e, meio que querendo pega-lo no exercício legal da dúvida, perguntei a respeito da função do relê.... meninos, eu ouvi...como se estivesse vendo o diagrama do aparelho, ou mesmo diante do "bicho" aberto, me descreveu real e completamente o funcionamento de toda a saída do aparelho, Ipsis Literis ao que eu visualizava.... Relê de 60 Volts(desses que se acham no buteco da esquina), com contatos especiais e funciona para não dar "soco" nas caixas acústicas ou impedindo que ao serem acionados os chaveamentos de filtros o amplificador libere qualquer resquicio de tensão AC para as caixas....

Meninos, levei esse amplificador e auxiliei o dono na instalação e fui pra SP fazer minhas obrigações daquela semana....

Passei pela loja e lá estava um e-mail do dono me dizendo que o amplificador havia parado....Olha..só não arranquei os cabelos pois ainda sou "bonitão"....heheheheh

Fui de novo à cidade do aparelho, retirei com uma cara de cachorro que deixa cair a panela e trouxe o bicho para a Officina....

Liguei e....funcionou!!!

Como todos devem saber, o pior entre os defeitos é sempre o intermitente... alguns minutos e tic, parava um canal!!! Olhei com olhos do tamanho de dois pimentões para o amplificador e, com o consentimento do dono, esperamos alguns dias para uma nova e mais criteriosa "olhada"....

Segunda-feira passada, com a coluna ótima para ficar na cama, voltei para a Officina e liguei para o disk-Nêga e ele, prontamente, veio me auxiliar nesse pepino!!!

Dois Marafos, Quinze vela vermeia, ops, após uma criteriosa analise, o Super-Nega me disse:

- Mais tu é burro hein gordo??? Não viu que some a polarização dos transistores de saída??? A zebra está no relê....desses, novos, nem no céu!!!!, vamos salvar esse aqui.

Tirou de sua maleta alguns "apetrechos" e desmontou o relê.... e, claro, eu torcendo para que não fosse, pois tiraria o "meu sarrinho".....

Após um banho em alguns produtos que temos por aqui, um novo banho e cuidadosamente lixados e lubrificados os contatos, montado o "mardito" relê, fechado o aparelho, ligado, o som surgiu LINDO e Maravilhoso como dantes....redondo, com os graves, médios e agudos perfeitos....

Não fiquei satisfeito por ter perdido, claro.... coloquei o aparelho no gerador de audio e no analizador de distorção..... a distorção menor que o previsto em 1000 hertz... Esse tipo de teste, com instrumentos, serve apenas para frequencias exatas, ou seja, quando se re-polariza transistores para evitar a "queima", mas, mesmo assim, o teste final tem que ser com musica....

Peguei um tocador de CD que ganhei faz tempo de um amigo, coloquei um CD e deixei tocar.... 30X num dia, 45 no outro e voltava os aparelhos para aferir...NADA!!!! NENHUM DEFEITINHO!!!! NEM DE LEVE!!!!

O Chato é que levei meus cd´s para casa e só sobrou um... e da-lhe Julieta-ta-tá o dia inteiro...hehehehe

Agora, depois de testado e "aprovado", falta apenas entregar em DEFINITIVO para o dono....

Na primeira vez que esse aparelho veio para a Officina, dele e do receptor, somando, foram trocados TODOS os capacitores, o que totalizou 202 capacitores.... e cada lugar gostoso......



Boa semana para todos...desse eu estou livre(Graças aos incriveis poderes do Super-Nêga)!!!! E vamos ao SONY portátil.....

Essa eu conto semana que vem!!!!

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com

2 comentários:

v8andvintage disse...

No meu blog você verá alguns aparelhos de mesmas características, renascidos da lata do lixo (claro que não por mim).
Visite v8andvintage.wordpress.com e dê sua opinião.

Carlos Dantas disse...

Esta semana fui postar uma simples carta nos Correios e pedi que fosse registrada pois não tinha mais confiança nos serviços oferecidos, caso não estivesse pagando a mais. A funcionária - pasmem - concordou comigo...
Já foi-se o tempo em que Correios era sinônimo de tranquilidade no quesito confiança de serviço.
Lamento por seus aborrecimentos.
E que eles sirvam de alerta para todos nós que precisamos usar esses serviços.