quinta-feira, 14 de março de 2013

Invictus 666 - Numero Sinistro, não????

Oi Amigos;

Relato para vocês uma Restauração Diamond recente, para um rádio automotivo bem interessante.

Pelos tipos de transistores usados, eu acredito seja um rádio produzido entre 1965 e 1967, mas um rádio que aproveitava um projeto antigo da mesma fábrica.

Produzido para veículos nacionais pela Indústria de Rádios e Televisores Invictus de São Paulo, esse rádio recebeu o nefasto numero de modelo de 666....

Partindo do principio, antes de desmontar tudo eu sempre coloco o aparelho para funcionar, mesmo que seja de forma Mambembe e Capenga, mas somente para saber o que virá depois... e assim fiz, tendo um resultado entre ruim e medíocre de imediato...mas funcionou e desmontei o rádio, tomando cuidado de numerar algumas sequencias de montagem, já que cada Restauração é única e não existe um método ou manual para se fazer o meu tipo de trabalho....

Como estava???






Assim que chegaram as peças, fui recompor algumas "moscas-brancas" e entre elas estavam as micas dos transistores de saída originais (AD-139). Ao medi-los, surpresa boa: Estavam PERFEITOS, como novos....

Na foto abaixo, vocês podem ver essa reconstrução das micas...

 Com micas novas instaladas, pasta térmica entre os transistores e as micas e entre as micas e o chassis, substituí todos os capacitores e, nesse caso foram todos mesmo, incluindo os cerâmicos pois estavam todos malucos, eu parti para deixar o funcionamento do rádio perfeito.... Tirando os transistores de saída, os demais, mesmo sendo de Silício apresentaram fulga e, nesse caso, troquei todos....esperava que com isso o resultado seria perfeito....aí, caí do cavalinho.....heheheheh

Substitui temporariamente os diodos de sinal(OA70), melhorou mas nada daquele sinal bonitão, apenas um audio distorcido, sem fidelidade alguma e sinal de RF fraco.

Passei o rádio pelo gerador de RF e percebi que no primeiro estágio de FI tinhamos um sinal bom...porém depois o sinal era ridículo....

Solicitei ao amigo Piva o diagrama do Rádio....ele me mandou, mas veio o Esquema(diagrama) da versão antiga, com transistores de Germanium....solicitei novamente e, como a Esquemateca mudou de ramo e agora vende bugigangas e não mais Manuais e Diagramas a coisa demorou pra caramba e, se não fosse a intervenção direta do Piva, eu jamais conseguiria esse diagrama.

Veio por e-mail....esse modelo é a versão 666/3, ou seja, deve haver ainda um /2 por aí....

Chequei o diagrama inteiro e notei algo interessantíssimo..... quando eu substitui os diodos de sinal eu segui como estava no rádio... o fato é que algum Pé-de-Porco, no passado, deve ter tentado consertar o pobre rádio e inverteu os diodos de posição.....

Voltei, seguindo o diagrama a posição dos diodos para a posição original e o rádio ficou ótimo.... São 3 diodos de sinal, num rádio muito bem elaborado....

No mais foi cosmética....fiz os knobs frontais em latão e mandei niquelar, a caixa metálica foi pintada na cor original(preto), mas com tinta eletro-estática e a grade frontal foi polida em uma ótica, pois é bem detalhada...porque não niquelei essa frente??? Ela é em Inox e não permite re-trabalhos....o resultado da Restauração ficou ótimo, modéstia a parte. No fio de entrada de alimentação(6V), eu usei um fio para corrente na ordem de 5A e encapei esse fio com tecido amarelo e preto. Ficou lindo o resultado.

















Mais um trabalho concluído... eu demoro, mas faço....heheheheh.


Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com

Um comentário:

Rodrigo disse...

Parabéns! Mais um soldado de volta para a batalha!