domingo, 26 de janeiro de 2014

Um Lindo Rádio GE....

Olá Amigos;

Alguns duvidam da minha existência....hehehe. O caso que vou relatar é, no mínimo, curioso. Fevereiro de 2013 eu recebi um rádio para "conserto". Numa "olhadela" de orçamento, pareceu ser algo simples e rápido de resolver. O dono do rádio, mando através de um amigo e nossos contatos foram apenas por e-mail. 

Vamos ver o rádio quando veio:



Trata-se de um GE modelo B179, produzido no Brasil. Tecnologia Americana com Gabinete e montagem Tupiniquins.

1) O dial(mostrador de vidro), como acontece com todos os diais produzidos nos meados de 40 até meados dos 50 do Século passado, escapou por pouco de virar sopa de letrinhas quando meu antecessor resolveu dar uma "lavadinha" no vidro(HIC)....rsrsrs.

2) O chassis, levemente oxidado como veremos abaixo, os knobs(botões), foram adaptados, o tecido ortofônico foi substituído(pelos idos dos anos 80), por uma tela de amplificador em nylon.

3) Nada funcionava, muita emendas em quase todos os fios do rádio.

Vamos desmonta-lo???
 O bom chassis...eu imagino esse negócio sendo feito em linha de montagem....ah, que vontade de ter uma máquina do tempo e ver isso acontecendo.....
 Essas "fitas" que vocês vêm, havia algumas por baixo do menino também...pensaram que o rádio era fralda de pano e da-lhe fita crepe!!!
 Desmontei o frontal, pois estava colado com o clássico Super-Bonder, que não resiste à esforços mecânicos....
 "Que diabo é isso"??? Alguns hão de perguntar e eu, em verdade vos digo, foi a causa de vários dias de trabalho....esse "troço" é o volante de peso da sintonia, para tirar o peso do eixo do cordonete(cordinha) do dial.... ao ser retirado do eixo ele esfarelou....foi juntado caco por caco e aqui eu comecei a lamina-lo.
Ah...o variável, minha peça favorita dos "Rádios Velhos"...eu apelidei de "O Coração do Rádio".....poucos sabem, mas existem inúmeros defeitos que os rádios apresentam e que moram exatamente aí...e cada abacaxi...somente nesses 27 anos eu descobri umas 2 centenas de defeitos em variáveis...

Mas vamos começar logo a Restauração que o dono está com pressa...é para comemorar o aniversário do Cachorro do Vizinho, Senhor Indalécio....heheheh

Porém, a "coisa" enrolou... mandei a arte do dial para um que correu, mandei para outro que sumiu...aí mandei para o maior profissional que conheço nessa área e sabem o que ele fez???? Mesmo tendo vários trabalhos meus por lá, para serem feitos, esse irresponsável inventou de falecer...vejam se pode isso, me deixar na mão...Parafraseando...e agora sem o José???? O Indalécio se fud**!!! Aí, meus amigos, vamos deixar o dial para depois... vamos voltar à restauração do menino GE:

Limpeza Numero 1... e vamos tirar ferrugem.... notem ao fundo um soquete branco de 7 pinos...meu antecessor "adaptou" uma valvula mais "moderna" no rádio....
 E as emendas, como vão????? Não vão....elas sairão daí já já....
 Fundo do dial que estava pintado com Guache preto....ponteiro torto e faltando o centro branco...
 Chassis Polido e envernizado. Fiz um novo sistema de aterramento para o variável....
 As borrachas velhas do Sr. Variável....
 E o coração retificado, novinho, sendo aferido na calibração das lâminas....
 Como era a montagem, porém a roda mencionada acima, já retificada, ajustada, pesada e montada.
Vamos dar uma pausa??? Vamos à estória...

O Dono do rádio sempre foi muito polido em seus e-mails. Entendeu o "perrengue" que passei, soube ser paciente porém eu fiz uma burrice, eu fixei uma data para a entrega(coisa que não faço mais, desde esse rádio)...e porque??? O rádio estava pronto e as Ondas curtas pararam. Verifiquei que um enrolamento de bobina abriu o "bico"...fiz. Montei, funcionou... o dono veio buscar o rádio no dia marcado e o que aconteceu???? Na véspera o rádio deixou de funcionar novamente...e agora em todas as ondas. Fiquei as 24 horas seguintes no rádio, ao amanhecer, telefonei para que ele não viesse buscar o rádio naquele dia, mas a ansiedade  fez sair mais cedo de sua cidade e ele.....veio!!!!
Eu imaginei que ia ouvir sapos, cobras e lagartos....porém foi de uma educação ímpar. Polido, educado, quis me conhecer para saber se eu existia. Viu a caixa do rádio e eu em desalinho, claro, 36 horas acordado não é para qualquer um....
Ficou receoso, mas deixou um outro aparelho...algo interessante que ele dera à sua filha, na década de 80...um Gradiente que ficou conhecido como Meu Primeiro Gradiente...pediu a Restauração dele e fiz algo que, ao meu ver foi o extremado da loucura e do sono...marquei para poucos dias a entrega dos dois aparelhos, sem custos adicionais, levando os dois pessoalmente...
Querem ver o Gradiente desmontado??? Vamos ver:



Desmontei o aparelho todo, troquei todos os capacitores, lavei a caixa, conjunto de teclas, fiz o eixo da polia, pois esse foi "comido" pelo tempo e medi e instalei nova correia de tração. Depois foi só ajustar os cabeçotes.... Montar é o mais chato...e fui dormir sem fazê-lo....

Vamos voltar ao GE peladinho????

 Todos os capacitores foram trocados e nada de amarril ou araminho segurando peças.
 O bloco e rf, uma delícia de se operar nele...amplo, espaçoso...o enrolamento da bobina foi feito sem desligar a bobina ou retira-la....
O fundo do dial, pintado em negro fosco, o ponteiro em ouro com o centro branco, para as luzes desempenharem seus papéis.
 Cadê as emendas??/Cadê as fitas Crepe???? Tudo novo, incluindo os soquetes das lâmpadas, fiação, soquete e valvula mais adequada para a idade do aparelho.....
 Mais de pertinho???? Ah, troquei as FI´s....elas foram "o problema" do não funcionamento quando o dono veio buscar o rádio....como acho feio uma grande e outra pequena, substitui o jogo...calibração macia dos dois estágios... As FI´s que estavam nele não deram restauração pois os capacitores são em lâminas entrepostas e havia curto entre as mesmas....
 No Gabinete, verniz de Piano....
 O Dial, feito em acrílico com as cores originais. Knobs confeccionados em acrílico com miolo central em metal dourado envernizado.
Tecido frontal substituído por tecido ideal, metais polidos, colados com resina e envernizados....

Vamos entregar????

No dia marcado, lá fomos Dona Catraca e eu levar os meninos para São Paulo....

 Meu Primeiro Gradiente....Restauradinho e na casa do seu proprietário....
 Ah, GE....modéstia a parte...você deu trabalho, mas me orgulho de ter restaurado você!!!!
Vamos botar o selinho da Restauração Diamond e dar tchau ao Belo e trabalhoso Rádio.....Snif....heheheh

Nota: Apesar de vocês lerem esse relato em no máximo 20 minutos, saibam que essa Restauração consumiu um período longo. Eu não vou fixar mais datas de entrega por conta desses pequenos detalhes que podem ocorrer. Entendam que, se fosse fácil, haveria um restaurador em cada esquina, ou em cada cidade ou, no mínimo, em cada Estado brasileiro fazendo o que faço...faço por que amo de verdade, mas vamos trabalhar no seu aparelho sem estress, ok? 
Há restaurações aqui com 5,6 e até 7 anos em andamento...por isso, a paciência não restaura o seu rádio, mas ajuda muito....

Cordial Abraço e ótima semana...não deixem de ouvir, no nosso outro blog, os programas Em Algum Lugar do Passado: http://tempodovovo.blogspot.com


Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com