domingo, 2 de fevereiro de 2014

Rádio Hitachi Laranja

Olá Amigos;

Hoje vou escrever sobre uma restauração prazerosa. Prazerosa em vários sentidos, desde o trato com o proprietário do rádio, nas descobertas de novas técnicas(sempre necessário APRENDER) e, acima de tudo, ao me envolver com a história do rádio...mas vamos ao "menino".

Quando chegou eu não o fotografei de imediato pois eu nem acreditei que fosse para ser Restaurado....
A caixa do rádio, com partes quebradas e faltantes.
 O que mais me preocupava eram as "partes faltantes"...
 As manchas de tintas, que você vêm, são testes de cores....a cor ideal, que foi batizada de "laranja Hitachi" foi feita em PU e no laboratório Sherwin Wylliams....
Muito Durepoxi, Super Bonder, Massinhas extraterrestres e demais tentativas de remendo que meus antecessores usaram, apenas compicaram ainda mais a Restauração....

Minha real preocupação fora com a caixa...será que ficaria bom? Eu sempre utilizei massa poliester automotiva para esse tipo de restauro, mas nunca em rádios pequenos com danos tão grandes.

Tingi a caixa de preto, um fundo especial que me ajuda a identificar problemas maiores na estrutura do rádio, relevos, depressões na caixa e etc. Mas teve de ser bem fino....


 Eu acho feio o inicio desse tipo de trabalho.
 Fiz as buchinhas de metal para prender o rádio de volta...notem nessas duas fotos que estava esquecendo de uma. Refiz o suporte do suporte(hehehehe) das pilhas...
 Lateral refeita....aqui ainda usando massa poliester.
Refiz o gradil e pintei...usei a massa para corrigir alguns detalhes pequenos...

E aí deu problema...a massa poliester não estava aderindo ao material do rádio por esse ser muito liso. Foi quando tentei outro material...usei pinos de acrílico de protético em micro-furos na caixa do radio e aí, por cima desses, resina acrílica de dentista.
Aqui a lateral reconstruída
O Local da Antena, reconstruído e usinado na Dremel
Ajustando a dimensão da lateral para realizar o encaixe entre as tampas.
Parte Inferior
No detalhe, acompanhando o desenho da caixa....

A minha cobaia nesse experimento foi um Mitsubishi meu, que a tempos eu precisava refazer o local onde vai o fone de ouvido e que algum pé-de-porco afundou e quebrou.... vejam minha cobaia com a resina
Completado e com os pinos que somem na resina...
 Eu gosto desses radinhos Mitsubishis.... esse é meu e nunca tinha tido coragem de mexer nele por causa do "buraco"....hehehe
O Furo do fone no detalhe, aberto e retrabalhado onde entra a porquinha...gostei dessa reina acrilica de dentista....vamos somando técnicas....

Vamos voltar ao Hitachi???

Consegui um "doador de Órgãos e Tecidos" e, com ele, a antena original do Rádio(raridade). Do doador de órgãos eu usei o ferrite, o dial e a plaqueta de identificação interna, além de uma FI, ou vocês acham que algum antecessor meu perdoou a coitadinha e não a torceu e retorceu??? Depois de estar funcionando fui obrigado à trocar a Chave de Onda, pois a original, por ter sido mal preso na caixa, empenou internamente.

Depois de toda a caixa re-estruturada, com fundo PU aplicado, vamos pintar...para ficar uma pintura fina, usei o Aerógrafo de Dupla Ação.

 Olha eu aí....pintado o Hitachi....hehehe
 Com o aerógrafo, bem poeiradinho, usei 6 demãos de tinta.
 O Selo interno de Qualidade da Hitachi foi preservado...
 Antes de receber o forro anti ruido do falante, onde usei feltro negro com os detalhes abertos com bisturi.
Já com o feltrinho...ficou bonitinho, não???

Vamos montar o rádio??? Fui ao mestre em usinagem que me ensinou a fazer a "capa do dial" em acrilico... e lá fui eu....
 A Tampinha traseira pintadinha e polida com produtos 3M...
 O Gradil frontal foi pintado no tom original. A plaqueta Hitachi foi polida e intalada no acrilico que cobre o dial
 O dial com o Acrílico
 O Holograma H foi polido e instalado no local original.
 O menino visto por baixo.
Antes de fechar.

A Maquina, depois de revisada, calibrada e limpa no ultrassom.


 Com a Antena original, num sábado, dia anterior à vinda do dono, ou do filho do dono...
 Lateral onde fica a chave de Ondas.
A lateral "de serviço" do rádio
 Bonitinho, não???
 Vista traseira
 A Capa de Couro com nova alça. Mesmo reidratada o resultado foi mediano....


Como o filho do dono me contou a história e tragetória desse rádio, que o rádio fora dado como presente de noivado pelo pai à mãe em Julho de 1962 e que o rádio ficou anos dentro de um Guarda-roupas até vir para a nossa Officina, eu presentei o casal com a caixinha abaixo, devidamente forrada com espuma e corvim negro, bem foffinho para manter o rádio conservado de impactos que possam danifica-lo.

Imagem interna da caixinha em MDF 3mm, cortada e gravada em laser.

A Caixinha fechada com o Rádio dentro... Mais 50 anos esperam por ele....

No domingo, dia 02 de Fevereiro, o filho do dono do Rádio, junto da esposa e dois filhos vieram buscar o rádio. Um casal muito simpático e os meninos adoraram ver os rádios da minha coleção e o rádio do Avô, identico ao dia em que saiu da loja.

Repito que, apesar de você ler em breves linhas e imagens esse relato e essa Restauração, saiba que mais de 12 meses foram necessários para a sua realização. Eu não faço "trabalhos rápidos" por tudo o que envolve uma Restauração desse porte e dessa qualidade. Não tenho equipe, trabalho sozinho e pretendo que continue assim. Não marco mais datas para término das Restaurações, pois "alguns problemas" podem surgir, incluindo de ordem pessoal pois ainda sou humano.

Grande Abraço e obrigado por nos acompanhar;

Officina do Rádio Antigo. (16)3412-6692 Rua Dona Alexandrina, No. 398 - Centro São Carlos - SP CEP 13560-290 officinadoradio@gmail.com

7 comentários:

epaul (Magé/RJ) disse...

Ficou magnífico, parabéns.

epaul (Magé/RJ) disse...

Ficou magnífico, parabéns.

moacir aparecido dos santos santos disse...

Parabems Indalécio....
linda restauração bem como a historia deste rádio"sentimentos e lembranças não tem preço".
Quando li "HERMES" na caixa que o rádio foi embalado. lembrei da "FENIX" da mitológia que renascia das proprias cinzas....
Foi o que exatamente o sr. fez com este HITACHI...está como era em 1962.

Mauricio Grossi disse...

Parabéns Indalécio, o Hitachi ficou muito bom! Não tem como o proprietário não ficar satisfeito, não é mesmo? Parece que a parte mais trabalhosa foi a caixa, visto que o recheio foi "apenas" uma FI e a chave de onda... Muito bacana mesmo! Saúde e Paz.

Carlos Dantas disse...

Vendo o "processo", a vontade de virar dono do aparelho cresce a cada foto... Gostei do disco compacto da enciclopédia "Povos e Países" usado na decoração.

Rodrigo disse...

Incrível como se pode pegar algo que parece irremediavelmente perdido e devolvê-lo como um objeto desejável ao mundo. Ficou ótimo!

Jose Magalhaes disse...

Cara, você é mesmo um artífice! Meus parabéns! Isso é literalmente uma obra de arte!

Jose Magalhaes

http://82719453.blogspot.com.br/